Vai ouvindo...
CDs BLOG LIVROS BIOGRAFIA GALERIA SHOWS IMPRENSA

Histórico

20/11/2016 a 26/11/2016
19/06/2016 a 25/06/2016
12/06/2016 a 18/06/2016
05/06/2016 a 11/06/2016
29/05/2016 a 04/06/2016
06/03/2016 a 12/03/2016
06/12/2015 a 12/12/2015
22/11/2015 a 28/11/2015
25/10/2015 a 31/10/2015
27/09/2015 a 03/10/2015
06/09/2015 a 12/09/2015
16/08/2015 a 22/08/2015
15/02/2015 a 21/02/2015
30/11/2014 a 06/12/2014
31/08/2014 a 06/09/2014
15/09/2013 a 21/09/2013
12/05/2013 a 18/05/2013
24/02/2013 a 02/03/2013
17/02/2013 a 23/02/2013
30/10/2011 a 05/11/2011
11/09/2011 a 17/09/2011
28/08/2011 a 03/09/2011
31/07/2011 a 06/08/2011
10/07/2011 a 16/07/2011
03/07/2011 a 09/07/2011
19/06/2011 a 25/06/2011
20/03/2011 a 26/03/2011
13/03/2011 a 19/03/2011
06/03/2011 a 12/03/2011
27/02/2011 a 05/03/2011
06/02/2011 a 12/02/2011
23/01/2011 a 29/01/2011
09/01/2011 a 15/01/2011
19/12/2010 a 25/12/2010
12/12/2010 a 18/12/2010
05/12/2010 a 11/12/2010
21/11/2010 a 27/11/2010
07/11/2010 a 13/11/2010
31/10/2010 a 06/11/2010
24/10/2010 a 30/10/2010
05/09/2010 a 11/09/2010
25/07/2010 a 31/07/2010
30/05/2010 a 05/06/2010
16/05/2010 a 22/05/2010
09/05/2010 a 15/05/2010
02/05/2010 a 08/05/2010
25/04/2010 a 01/05/2010
18/04/2010 a 24/04/2010
11/04/2010 a 17/04/2010
14/03/2010 a 20/03/2010
28/02/2010 a 06/03/2010
14/02/2010 a 20/02/2010
07/02/2010 a 13/02/2010
31/01/2010 a 06/02/2010
24/01/2010 a 30/01/2010
10/01/2010 a 16/01/2010
03/01/2010 a 09/01/2010
27/12/2009 a 02/01/2010
21/06/2009 a 27/06/2009
14/06/2009 a 20/06/2009
31/05/2009 a 06/06/2009
24/05/2009 a 30/05/2009
17/05/2009 a 23/05/2009
03/08/2008 a 09/08/2008
29/06/2008 a 05/07/2008
11/05/2008 a 17/05/2008
06/04/2008 a 12/04/2008
24/02/2008 a 01/03/2008
17/02/2008 a 23/02/2008
10/02/2008 a 16/02/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
16/12/2007 a 22/12/2007
02/12/2007 a 08/12/2007
18/11/2007 a 24/11/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
14/10/2007 a 20/10/2007
30/09/2007 a 06/10/2007
09/09/2007 a 15/09/2007
08/07/2007 a 14/07/2007
01/07/2007 a 07/07/2007
24/06/2007 a 30/06/2007
17/06/2007 a 23/06/2007
03/06/2007 a 09/06/2007
27/05/2007 a 02/06/2007
13/05/2007 a 19/05/2007
06/05/2007 a 12/05/2007
29/04/2007 a 05/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
08/04/2007 a 14/04/2007
01/04/2007 a 07/04/2007
18/03/2007 a 24/03/2007
04/03/2007 a 10/03/2007
18/02/2007 a 24/02/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
31/12/2006 a 06/01/2007
17/12/2006 a 23/12/2006
10/12/2006 a 16/12/2006
26/11/2006 a 02/12/2006
19/11/2006 a 25/11/2006
12/11/2006 a 18/11/2006
29/10/2006 a 04/11/2006
22/10/2006 a 28/10/2006
08/10/2006 a 14/10/2006
01/10/2006 a 07/10/2006
24/09/2006 a 30/09/2006
10/09/2006 a 16/09/2006
03/09/2006 a 09/09/2006
27/08/2006 a 02/09/2006
20/08/2006 a 26/08/2006
06/08/2006 a 12/08/2006
30/07/2006 a 05/08/2006
23/07/2006 a 29/07/2006
16/07/2006 a 22/07/2006
09/07/2006 a 15/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
16/04/2006 a 22/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006
26/02/2006 a 04/03/2006
19/02/2006 a 25/02/2006
12/02/2006 a 18/02/2006
05/02/2006 a 11/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
15/01/2006 a 21/01/2006
01/01/2006 a 07/01/2006
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
27/11/2005 a 03/12/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
16/10/2005 a 22/10/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
28/08/2005 a 03/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
14/08/2005 a 20/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
10/07/2005 a 16/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005
26/06/2005 a 02/07/2005
19/06/2005 a 25/06/2005
12/06/2005 a 18/06/2005




Votação
Avalie meu blog

Outros sites
Site Oficial Paulo Freire
UOL - O melhor conteúdo
BOL - E-mail grátis




XML/RSS Feed
O que ? isto?



RENATO ANDRADE


Moço, dona, vão ouvindo.

Viajei este final de ano, acompanhando de longe o estado de saúde de Renato Andrade. Em Monte Alegre do Sul, assistindo ao Jornal Nacional, soube de seu falecimento, no dia 30 de dezembro de 2005.

Renato Andrade é, para mim, o maior violeiro de todos os tempos.

É o Deus da viola, ou então, já que estamos tratando deste instrumento, o único com cacife para bancar um encontro com o capeta.

Renato Andrade era um Sagarana ambulante. Sua forma de contar causo ou pontear viola desafia qualquer entendimento.

Desde os anos 60, vinha mostrando a todos o tesouro que carrega o homem do campo brasileiro. Para enfrentar os preconceitos frente ao caipira, tornou a viola um instrumento de concerto. Punha terno e gravata, mas muitas vezes no meio do recital mudava o figurino. E aparecia vestido como um capiau, descalço, tocando suas inhumas.

Cheguei em casa hoje, 02/01, procuro as notícias sobre Renato e encontro só uma coisinha aqui e outra ali.

Será que todo mundo é cego? Surdo? Como a imprensa não cobre um fato desgraçado desses?

Vai ouvindo, vai ouvindo. Atenção. Tem muita novidade acontecendo, o chamado renascimento da viola, os movimentos que surgem, como o caipira groove e que tais, um menino que empunha a viola e vê um bocado de gente com seu ponteado já adiantado. Pois bem, quem abriu a cancela e deixou escancarada para que todo mundo passasse? Tocando viola instrumental, contando causos como ninguém, construindo frases impossíveis, divertindo todos os tipos de platéias?

Nós, violeiros, temos uma grande dívida com Renato Andrade.

Esse povo que olha a roça enviesado é besta mesmo. Teima em não enxergar a viola  e o mundo que ela carrega.

Isso é ignorância pura. Quer ver o contrário?

Vai ouvindo, Renato conhecia lundu e também Fausto. O que, meu amigo? Ele mesmo, Fausto, de Goethe. Compunha “Jeca na Estrada” e colocava um CD de Maria Callas exigindo silêncio.

O que é o matuto? Quem me responde?

Parabéns ao Programa Globo Rural, que fez um DVD sobre o Renato. Sempre o Globo Rural, uma espécie de Renato Andrade da TV brasileira, que também fez programas sobre a viola de cocho e Zé Côco do Riachão – patrimônios culturais da humanidade.

No dia 31 subi num morro muito alto. Lá em cima, vendo quas’que o mundo inteiro, dei um abraço firme no mestre e agradeci pela porteira escancarada e o tanto de ensinamento que ele – à sua maneira – nos deixou.

Fica a certeza: nunca mais vai existir nada parecido com esse homem e sua enxurrada de histórias e ponteados incríveis. Tomara que apareçam vídeos diversos, fitas caseiras, para que engrossem os causos da lenda.

E que ajudem a espantar a tristeza que nos abate.

Viva Renato Andrade.


Escrito por Paulo Freire ás 22h53 [ ] [ envie esta mensagem ]




[ ver mensagens anteriores ]